in

Sem Cristo Nada Podemos Fazer |Blog Daniel Luiz

“Eu sou a videira; vocês são os ramos. Se alguém permanecer em mim e eu nele, esse dá muito fruto; pois sem mim vocês não podem fazer coisa alguma. João 15:5

“A vida sem Jesus é muito triste. Não há nada que possa preencher o vazio que fica pela falta da presença Dele. Não importa o que você faça, não importa com quem esteja, não importa como você viva, não importam seus valores ou sua bondade, não importa seu conhecimento, não importa sua fama no mundo; se você não tiver Jesus, você não tem nada.”Escritor Daniel Luiz

Hoje em dia é muito comum encontrarmos pessoas se declarando cristãos, pessoas religiosamente dedicadas, e estou falando dos que são dedicados. Muito embora a maioria destas pessoas não tenha noção do real significado deste nome. Para compreendermos melhor precisamos voltar a Bíblia, e no livro de Atos  11:26, estamos na Cidade de Antioquia e lá os discípulos viviam dedicados a Cristo, e as pessoas daquela cidade observando-os perceberam que eram seguidores de Cristo e os denominaram cristãos.

Me parece ser dai que se origina este termo, porem ele só vai aparecer três vezes em todo o Novo Testamento. No entanto os seguidores de Jesus foram denominados discípulos. Jesus antes de acender aos céus ordenou aos seus apóstolos, “Ide e fazer discípulos” e  este termos vai aparecer mais de 250 vezes no Novo testamento. Então qual a importância de se distinguir entre cristão e discípulo? Bom de um modo geral todos que estão inseridos em qualquer uma das religiões da cristandade, desde o catolicismo até os evangélicos, todos são cristãos, e fazem tudo para viverem de acordo com sua religião, mesmo que muitas vezes tenha que excluir Deus e Sua palavra, o que importa é seguir a  religião. Em outras palavras viver a religião é: fazer de tudo para agradar a Deus. O discípulo se define por alguém que esta aprendendo continuamente com seu  mestre,  ele é um aluno que procura colocar em prática o que aprende. Ele faz de tudo para agradar seu mestre. Ele deseja fazer o que o mestre faz, imita-lo, seguir-lo. O discípulos deseja se relacionar diretamente com seus mestre, um relacionamento intimo e pessoal. Neste ponto podemos concluir que a vida de um discípulo é o resultado do seu relacionamento com o seu mestre. O discípulo de Jesus Cristo tem um compromisso com Ele, procura seguir a Ele. Quando se segui qualquer religião seja ela qual for, e esta religião toma a primazia de Deus, isso não vem de Deus. Quando seguimos um mestre que não Jesus, e dizemos que somos de Cristo, estamos mentindo. Os verdadeiros seguidores de Cristo vivem o cristianismo a cada dia de suas vidas, em um relacionamento intimo com o Seu Senhor. Eles são simplesmente discípulos de Jesus. Não são católicos, não são evangélicos, e nem são cristãos. Eles são DISCÍPULOS!

“Uma vida sem a presença de Cristo é totalmente vazia e tentar preenchê-la com as coisas terrenas é como alimentar um buraco negro. É inútil! Cristo é o único capaz de curar as feridas do corpo e da alma, libertar o homem da escravidão do pecado, restaurar nossa dignidade e nos dar um novo nome; Ele é Aquele que nos dá a Vida Eterna e quem vive Nele jamais morrerá! Quem bebe da água que ele oferece jamais terá sede. Não importa quem você seja, você precisa de Jesus. Entregue sua vida a Ele hoje mesmo!” Escritor Daniel Luiz

Que Deus nos abençoe

TEXTO: ESCRITOR DANIEL LUIZ

What do you think?

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comments

0 comments

O EVANGELHO TRANSFORMA O CASAMENTO

Jesus aparece aos Seus discípulos